Vulcano associa-se à 2ª fase do Projeto Corvo Sustentável

 

 

20 DE MAIO DE 2014

Projeto pioneiro nos Açores visa a instalação de painéis solares e bombas de calor em todas as habitações da Ilha do Corvo.

A 2ª fase do projecto Corvo Sustentável acaba de arrancar na Ilha do Corvo, classificada como Reserva da Biosfera pela UNESCO. A Vulcano, marca portuguesa líder em soluções de água quente, foi a empresa seleccionada para dotar os edifícios da ilha com sistemas solares. No total, serão instalados 24 equipamentos.

Com cerca de 400 habitantes, o objetivo do Projecto Corvo Sustentável é implementar na ilha um sistema integrado de energias alternativas, utilizando a energia solar, eólica e hídrica, contribuindo para a redução da utilização de combustíveis fósseis.

Este projecto terá, assim, um impacto significativo na economia das famílias, dado que possibilita a redução de 70% da fatura energética, que se traduz numa poupança de 40 euros no orçamento familiar. Para além disto, irá diminuir substancialmente a emissão de gases nocivos para a atmosfera que provém da utilização dos combustíveis fósseis. O projeto visa também reduzir significativamente o transporte de garrafas de gás para a ilha, pelo que solucionará as dificuldades de abastecimento do Corvo, devido ao seu isolamento.

Na primeira fase do projecto foram instalados equipamentos da Vulcano em 37 edifícios da ilha. No final desta 2ª fase, a ilha do Corvo será a primeira ilha dos Açores com painéis solares e bombas de calor instaladas em todos os edifícios.

Esta ação é um projeto do governo dos Açores, em parceria com a elétrica açoriana EDA e o consórcio Green Islands, um dos principais projetos de investigação do programa MIT-Portugal. A instalação das soluções solares térmicas Vulcano esteve a cargo da empresa Segma, pertencente à EDA.

Download Press Release (PDF 0,01 MB)