ESQUENTADORES

   
Próxima página 
Voltar 
  •  
  •  
  •  

A Vulcano tem à sua disposição uma vasta gama de soluções para o fornecimento de água quente sanitária (A.Q.S.), com modelos apropriados a cada especificidade de instalação e utilização tendo em consideração a dimensão da casa, nível de conforto e economia pretendida.

 

Produção instantânea de A.Q.S.

Designamos por Água quente sanitária (A.Q.S.) as águas de consumo doméstico que se pretendam a uma temperatura superior à que é fornecida pela rede de abastecimento público.

Os esquentadores da Vulcano proporcionam o aquecimento das águas sanitárias de uma forma instantânea. Neste caso, a água fria entra diretamente no esquentador onde é aquecida instantaneamente à medida que vai circulando pelo permutador de calor do aparelho.

Desta forma garante-se um fornecimento contínuo de (A.Q.S.) sem tempos de espera, consumindo energia de forma eficiente e apenas quando necessário.

 

Apoio a sistemas de energias renováveis (solar térmico)

A Vulcano disponibiliza uma gama de aparelhos com recurso a tecnologias como a condensação e o controlo termoestático, para garantir que primeiro se consome a energia gratuita solar e só nos momentos de excepção se apoia com energias convencionais (neste caso o gás).

Os equipamentos Vulcano são os mais indicados para integração com sistemas de energias renováveis, servindo de recurso no momentos de consumo acima do previsto, ou na ausência de energia solar suficiente, permitindo aquecer a água apenas quando necessário e compensando apenas a temperatura em falta para o máximo conforto do utilizador.

 

Aplicações e Simultaneidade na utilização

Pontos de Tiragem
Capacidade 5l 11l 14l 17/18l 24/27l
  Simples        
Cozinha Suficiente Óptimo      
Lavatório Suficiente Óptimo      
Duche Suficiente Recomendado Óptimo    
Banheira   Suficiente Recomendafo Óptimo Óptimo
Simultâneo          
Lavatório + Duche       Recomendado* Óptimo

* Com restrições de caudal

Notas:
1 a informação deste quadro está condicionada a um correcto dimensionamento da tubagem.
2 para o arranque de um esquentador tem de se verificar um valor mínimo de pressão da água, que irá variar consoante o modelo e a capacidade do aparelho.

 

Instalação

O aparelho selecionado deverá adequar-se às características do local de instalação. Os principais aspectos a ter em consideração são:

1. Exaustão dos fumos:

• Local de instalação com uma boa e permanente ventilação - exaustão natural
• Local com boa admissão de ar e insuficiente exaustão (saída de gases de combustão) - exaustão ventilada
• Local com insuficiente admissão de ar e/ou insuficiente exaustão (saída de gases de combustão) - exaustão estanque

Deverão ser observadas as indicações dos manuais de instalação relativamente aos requisitos das condutas de exaustão, tais como: diâmetros, comprimentos máximos, tipo de material, entre outros.

2. Abastecimento de gás:

Abastecimento de Gás
Capacidade Aconselhada do Aparelho  
GARRAFA  
11 kg (propano) ou 13 kg (butano) 5 ou 11 l
45 kg (propano) Qualquer capacidade, em função dos outros elementos de decisão
CANALIZADO  
Natural ou propano Qualquer capacidade, em função dos outros elementos de decisão

3. Sistema de ignição da chama piloto:

Modelo
Sistema de Ignição
Capacidade Disponível
Exaustão Natural
Sensor HDG (WTDG) Hidrogerador 11l /14l / 18l
Click HDG (WRDG) Hidrogerador 11l /14l
Click! (WRDB) Baterias 11l /14l / 18l
inteligente (WRB) Baterias 11l
tic-tic Compacto Piezo Eléctrico 11l
Inteligente (WB) Baterias 5l
tic-tic (WE) Piezo Eléctrico 5l
Exaustão Ventilada
Sensor Ventilado (WRD KME) 230 V 11l /14l / 17l
Click! Ventilado (WRD KME) 230 V 11l /14l / 17l
Exaustão Estanque
Sensor (WT) 230 V 11l /14l / 17l
Sensor Estanque (WTD 24 AME) 230 V 24l
Sensor Green (WTD 27 AME) 230 V 27l

 

Pioneira no desenvolvimento tecnológico de aparelhos a gás para produção de água quente sanitária, a Vulcano destaca três inovações tecnológicas presentes nos seus equipamentos, e que os tornam líderes de mercado:

 

Condensação

A tecnologia de condensação permite o aproveitamento do calor residual existente nos gases de exaustão.

A água fria da rede é pré-aquecida pelos gases de exaustão, arrefecendo os mesmos. Na sequência deste processo é possível provocar a condensação do vapor de água, e aproveitar a energia adicional disponível.

Obtém-se os rendimentos mais elevados tipicamente acima dos 100% do PCI (poder calorífico inferior do combustível).

 

Controlo Termostático

Os esquentadores termostáticos permitem controlo sobre a temperatura de saída de A.Q.S. adequada às necessidades do utilizador e programada directamente no aparelho.

Reduz-se a necessidade de mistura de água fria no ponto de consumo (torneira ou chuveiro) com vista a atingir a temperatura desejada, permitindo obter poupanças muito significativas de gás.

O controlo é efetuado com base na medição de temperatura de entrada da água fria, na temperatura de saída de água quente, e a temperatura programada pelo utilizador. Com base nestes dados, a eletrónica do aparelho ajusta a quantidade de gás queimada para que corresponda exactamente às necessidades, de forma automática, e sem necessidade de intervenção do utilizador.

Desta forma é garantido que o equipamento apenas funciona caso a temperatura de entrada da água seja inferior à temperatura programada, e apenas consome a energia necessária para compensar a temperatura em falta.

 

Piloto automático (inteligente)

A tecnologia de piloto automático garante o arranque do queimador do esquentador sempre que solicitado, permitindo a poupança do consumo residual gás da chama piloto durante os intervalos de utilização.

Nos modelos de exaustão natural, a energia necessária para a ignição do queimador é obtida através de baterias.

Com a Tecnologia de Hidrogerador, é utilizado o movimento da água para produzir a faísca de arranque do aparelho sem qualquer necessidade de energia eléctrica.

Nos modelos ventilados ou estanques é utilizada a ligação já existente para alimentação do ventilador.

 

Rendimento

O rendimento do aparelho produtor de água quente sanitária contribui de forma significativa para a melhoria da eficiência energética da habitação, no que respeita à produção de A.Q.S.

O rendimento nominal típico de um esquentador actual é superior a 80%. Recorrendo à tecnologia de condensação, este poderá aumentar para valores superiores a 100% (relativamente ao PCI do gás).

Tendo em conta o reduzido custo de investimento, quando comparado com outras tecnologias, e o aumento de eficiência obtido, torna-se numa das medidas com maior retorno, com vista à melhoria da classe energética de uma habitação.

 

Termostático

Os esquentadores termostáticos contribuem de forma determinante para a poupança no consumo de gás e água do sistema produtor de A.Q.S.

Garante que a temperatura desejada é obtida sem necessidade de mistura com água fria no ponto de consumo (torneira ou chuveiro), através da regulação automática do consumo de gás no queimador com base na medição da temperatura da água fria.

 

Integração com solar térmico

Os esquentadores termostáticos (exaustão natural, ventilados ou estanques) são especialmente adequados à integração com sistemas solares térmicos garantem que primeiro se consome a energia gratuita proveniente do sol e só nos momentos de excepção se apoia com energias convencionais (neste caso o gás).

No caso de aparelhos convencionais sem controlo da temperatura de entrada de água fria, é também possível torna-los compatíveis com um sistema solar térmico com a interligação através de um módulo solar.

 

Serviço Pós-Venda

808 275 325
(2ª a 6ª, 9h00-19h00)

Assistência aqui!

Contratos de Manutenção

A Vulcano apresenta-lhe a solução para o descanso total!

Conheça-os aqui