Eficiência Energética em Edifícios com Soluções Solares Vulcano

 

 

12 DE OUTUBRO 2010

O mercado da construção tem assistido, actualmente, à evolução dos seus principais padrões, agora orientados para princípios modernos de construção sustentável e eficiência energética. De facto, esta expressão "eficiência energética" é a regra de ouro na construção de edifícios. Assistimos, com cada vez mais frequência à divulgação de produtos inovadores, mais ecológicos que permitem um equilíbrio entre conforto e a questão da factura energética para o aquecimento de águas, sem descurar a questão da preservação do meio ambiente. O mercado das soluções de água quente, pelo impacto que têm ao nível do consumo energético da casa - cerca de 50% da energia consumida refere-se ao aquecimento de águas - tem sido um dos mais dinâmicos neste ramo. São já vários os projectos que apostam nestas tendências modernas e adoptam as soluções solares térmicas Vulcano como forma de garantir uma poupança considerável e, ao mesmo tempo, assegurar o eficiente funcionamento dos edifícios.

Projectos Natura Towers e Edifício Bloom

Concebidas pelo atelier de arquitectura GJP, as Natura Towers (imagem 2) foram o primeiro empreendimento de escritórios português a contar com certificação energética de classe A+. Para o aquecimento de águas, o Grupo MSF, promotor do empreendimento, elegeu os sistemas solares térmicos da Vulcano, equipamentos integrados, compostos por 8 painéis solares FKC e respectivos acessórios, contribuindo para uma maior eficiência energética do edifício.

Quanto ao projecto Bloom (imagem 3), localizado em Campolide, é também um dos primeiros edifícios sustentáveis, contando com uma fachada ondulada inovadora que regula o sombreamento e gestão inteligente do edifício para optimização dos consumos energéticos. Promovido pela Campolide XXI, o edifício conta com as soluções solares da Vulcano, que distribuem a energia solar captada de uma forma igual e independente a cada um dos onze escritórios. Desta forma assegura-se uma economia na utilização dos sistemas tradicionais de apoio em igualdade de circunstâncias para todos os utilizadores.

Estes dois projectos vieram claramente romper com os padrões de construção e promoção imobiliária em Portugal, integrando inovação, tecnologia e conforto e adoptando como pano de fundo a sustentabilidade.

Colégio Pedro Arrupe

O empreendimento escolar Colégio Pedro Arrupe, na zona da Expo, recorreu também a este tipo de solução, como forma de gerir mais eficientemente o aquecimento de águas, que inclui o serviço de cantina. Para o projecto foi proposta a instalação de 90 colectores solares verticais de alto rendimento da Vulcano, da gama WarmSun, modelo FKC -1s, complementados com acumuladores da gama CV e MV, que permitem garantir o conforto térmico e a satisfação das necessidades de simultaneidade de utilização de água quente. A estes elementos, juntam-se ainda os equipamentos complementares de apoio à instalação.

Aproveitando a energia solar, as soluções solares térmicas da Vulcano permitem reduzir aproximadamente 60% da energia necessária para aquecimento de águas e minimizar a emissão de gases poluentes, como CO2 ou NOx. Preocupações e valores que assumem especial relevo para Instituições como o Colégio Pedro Arrupe.